top of page
  • Foto do escritorLucas Lima

Clássico de Chico Buarque foi composto quando o músico tinha apenas 3 anos de idade; Saiba mais

Atualizado: 17 de mar. de 2023

Com melodia feita por Sivuca em 1947, "João e Maria" se tornou um clássico absoluto do músico carioca

Chico Buarque em foto de Léo Aversa

Chico Buarque é dado por muitos como um dos principais expoentes da cultura brasileira no mundo. Não por menos, o cantor e compositor coleciona não apenas discos de sucesso, mas canções atemporais, que contam, de certa forma, a história do nosso país.

Da esquerda para direita: Sivuca e Chico Buarque

Um destes clássicos é "João e Maria", faixa que facilmente caiu nos braços do cancioneiro nacional. Porém, o que poucos sabem, é que a sua melodia foi feita em 1947 pelo paraibano Sivuca (1930 - 2006), um dos nomes de peso da história da música brasileira. O mais curioso de tudo isso é que a já citada melodia da faixa foi feita quando Chico Buarque tinha apenas 3 anos de idade. A letra, no entanto, foi composta em 1977, época que Chico adaptou o musical italiano "Os Saltimbancos" para o português.



Embora tenha traços de estética infantil, "João e Maria" também é interpretada como uma canção que narra um relacionamento que chegou ao fim ou mesmo uma crítica política, tendo em vista que foi feita durante a Ditadura Militar. Sobre composição, Chico declarou em entrevista:


"Ele (Sivuca) fez a música, que acabou por se chamar 'João e Maria'. Ele mandou uma fita com uma música que ele compôs em 1947, por aí. Eu falei: ‘Mas isso foi quando eu nasci.’ A música tinha a minha idade". Embora a afirmação de Chico, a música na verdade foi feita três anos depois do nascimento do artista.


"Quando eu fui trabalhar na canção, a letra me remeteu obrigatoriamente para um tema infantil. A letra saiu com cara de música infantil porque, simplesmente, na fitinha ele dizia: ‘Fiz essa música em 47.’ Aí pensei: ‘Mas eu criança…’ E me levou pra aquilo. Cada parceria é uma história." Completa.



697 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Σχόλια


bottom of page