top of page
  • Foto do escritorLucas Lima

João Donato nos mostrou que a criatividade é o cerne da canção

Músico faleceu na madrugada desta Segunda-Feira, 17


João Donato em foto de Luciano Oliveira
João Donato em foto de Luciano Oliveira

Do Acre nasceu um dos responsáveis por elevar o grau da música brasileira em termos de criatividade. João Donato, que nos deixou na madrugada desta Segunda-Feira, 17, passou longe de ser um artista previsível. Foram 74 anos de carreira, onde as conexões foram diversas: desde Tom Jobim até Astrud Gilberto, Dorival Caymmi, Eumir Deodato e muitos outros.


O músico, que sai de cena aos 88 anos de idade, passava, há tempos, por complicações de saúde. Recentemente, ele teve uma infecção nos pulmões e foi internado com pneumonia na Casa de Saúde São José, onde estava desde a semana passada.


Em 2017, se aventurou em um projeto em família. Com o seu filho, Donatinho, caiu no pop no disco "Sintetizamor". Mais recentemente, esbanjou vitalidade no álbum "Serotonina". Todas estas vertentes nos mostram que João Donato foi um músico singular, em meio a tantas pluralidades que o tornaram o artista que é.


Que é, pois a obra do músico multi-instrumentista, embora seja vasta, não é efêmera. Um orgulho da música brasileira ao redor do planeta. A música de João Donato não pode ser esquecida, muito menos deixada de lado.


Viva João Donato!

49 visualizações
bottom of page