top of page
  • Foto do escritorLucas Lima

O dia em que Alcione encontrou Janis Joplin no Rio de Janeiro

Cantora maranhense caminhava com Serguei quando avistou a artista estadunidense

Janis Joplin e Alcione
Janis Joplin e Alcione

É de conhecimento geral que Janis Joplin veio ao Brasil em 1970 para curtir o nosso famoso Carnaval. Porém, esse não era o único objetivo da cantora norte-americana. Joplin planejava fazer um show no Rio de Janeiro e o espetáculo tinha até nome: Unending Carnival, que, em português, significa "Carnaval Sem Fim". Porém a apresentação foi barrada pelos militares, tendo em vista que estávamos em período ditatorial no país.


Sendo assim, sobrou para a artista apenas os bares e boates da cidade carioca. Foi em uma dessas ocasiões em que Alcione encontrou, por acaso, Janis Joplin. A Marrom estava passeando com Serguei quando avistaram a artista estrangeira dando uma canja. O fato aconteceu na altura da Galeria Alaska, o mais famoso reduto gay do Rio de Janeiro na época.


Ao avistar Janis Joplin, Serguei ficou entusiasmado: "Meu Deus, a rainha do underground!". "Que rainha do underground, Serguei?", perguntou Alcione.


O roqueiro brasileiro foi responsável por apresentar as duas cantoras e os três seguiram para o Porão 73, um dos bares onde Alcione e Serguei costumavam se apresentar. Foi lá que Janis Joplin cantou as músicas "Ball and chain", do álbum "Cheap Thrills" (1968), e "What I'd say", de Ray Charles.


"O som dela era estranho", recorda Alcione. "Só sei que o povo aplaudiu. E ela também ficou agradecida. O Serguei foi passear com ela depois. Foi assim que conheci Janis Joplin", contou Alcione à BBC.


Assista já ao show "Boleros", de Alcione, na WePlay, a primeira plataforma de streaming de shows brasileiros.






659 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page