top of page
  • Foto do escritorLucas Lima

Panorama dos festivais no Brasil: diversidade e alto valor de ingressos são destaques de relatório

Relatório "Mapa dos Festivais" mapeou 298 festivais que aconteceram no Brasil em 2023


Pessoas curtindo um show em um festival de música
Foto: Reprodução | Rock The Mountain

Se a "hegemonia" do Sertanejo é clara e absoluta nos serviços de streaming, rádios e televisão, essa realidade é diferente dentro dos festivais de música no Brasil. Ao menos é o que apontou o relatório "Mapa dos Festivais", que mapeou 298 grandes eventos de música que aconteceram no país em 2023.


O levantamento apontou que 48% dos festivais são multi-gêneros, ou seja, abrangem diversos estilos musicais. "Até o festival João Rock, que apesar de ter 'rock' no nome, abraçou a diversidade da música brasileira como posicionamento de marca. Para além do óbvio, que quanto mais estilos diferentes, maior a chance de agradar mais pessoas, esse resultado também pode estar refletindo a maior promoção da diversidade em todos os sentidos, inclusive no gosto musical", cita o relatório.


E quando falamos de diversidade, falamos de música eletrônica, Rap, Rock, MPB e muito mais. O Samba e o Pagode, estilos que normalmente ficavam de fora dos grandes festivais, também ganharam espaço.


Alto valor dos ingressos


Mas, por um lado, se temos uma maior circulação de artistas em seus derivados gêneros, o acesso da população para estes grandes eventos ainda é difícil. O alto valor dos tickets implicam na limitação do poder de compra do público. Para se ter uma ideia, o valor médio dos ingressos para festivais em 2023 foi de R$ 329 –o que representa cerca de 23% do salário mínimo, de R$ 1.421. Os festivais gratuitos ainda são minoria, apenas 32 dos 298 avaliados entram na categoria.


Os artistas brasileiros mais presentes em festivais


O top 5 dos artistas brasileiros mais presentes em festivais em 2023 traz 4 nomes da música urbana: TETO, Djonga, Matuê e MC Cabelinho. Quem complementa o ranking é a roqueira Pitty, mulher que mais se apresentou em festivais no ano passado.



Pitty foi a artista feminina com mais apresentações em festivais | Foto: Divulgação

Confira os artistas que mais tocaram por região: Djonga foi o artista que mais tocou no Nordeste; Pitty no Sudeste; Felipe Cordeiro, Reiner, Azymuth, Banda Mega Pop Show, Rashid, Dead Fish e Manoel Cordeiro ficaram empatados no Norte; YPU, Poze do Rodo,

Letícia Fialho e Flora Matos no Centro-Oeste; Fresno no Sul.


A WePlay é uma plataforma de streaming de shows brasileiros que acredita na diversidade da música nacional e na importância das informações e dos créditos para os artistas. Conheça mais sobre o serviço em weplaymusic.tv.br.


Comments


bottom of page